7 de out de 2010

Novos parceiros

Estou muito feliz, tenho vários novos parceiros.

Para os parceiros que ainda não receberam o livro: eu já postei todos, mas parece que os Correios estão mandando os livros por dragões verdes (que são bem lentos).

Um abraço de dragão a todos os parceiros e aguardo suas críticas

11 de set de 2010

CAMPANHA LITERATURA FANTÁSTICA NACIONAL




VAMOS PARTICIPAR E CONTRIBUIR PARA ESSA CAMPANHA MARAVILHOSA, ACESSE O BLOG
MUNDODEFANTAS.BLOGSPOT.COM OU CLIQUE NO BANER DA CAMPANHA.
ESTOU MUITO FELIZ
MUITOS ESTÃO FAZENDO CONTATO E TENHO AGORA MUITOS PARCEIROS MARAVILHOSOS, AGRADEÇO A TODOS PELO INTERESSE E AJUDA NA DIVULGAÇÃO DO LIVRO.


OBRIGADA

8 de set de 2010

RESENHA DO LIVRO NO LITERATURA DE CABEÇA

O amigo Danilo leu o livro e publicou uma resenha maravilhosa, sem contanto, contar as surpresas do livro; amei o que ele escreveu e também vale conferir as demais resenhas, existem muitos livros bons e o amigo Danilo nos oferece uma gama enorme de escolhas.

O LITERATURA DE CABEÇA está fazendo uma promoção muito legal com o Mestre dos Dragões Vermelhos, participem, os dois vencedores da promoção irão receber o livro autografado.

OBRIGADA DANILO e um mega abraço de dragão para você.

AGRICOLINOS PRESTIGIARAM A AUTORA

Em 1985 estava me formando em Agropecuária, pela Escola de Segundo Grau Benedito Storani, mais conhecido como Colégio Agrícola de Jundiaí.
Esse ano, 25 anos depois, fizemos um reencontro maravilhoso, muitos amigos que não via a tanto tempo prestigiaram muito o livro, algo que agradeço muito.
Não falo em colegas, não... todos são amigos, fizemos muitas coisas juntos naqueles tempos, éramos um só coração e descobri que ainda somos.
Agradeço muito aos queridos amigos agricolinos, não somente por comprarem o livro, mas pelo interesse e pelo incentivo; já estou morrendo de saudades de cada um de vocês.

OBRIGADA MEUS AMIGOS QUERIDOS

19 de ago de 2010

BIENAL DO LIVRO - 17/08/2010

A tarde de autógrafos

Foi muito legal, apesar de ser durante a semana e o movimento ser quase exclusivamente de adolescentes, foi muito bom; a animação dos jovens em conhecer um autor é enorme; ao menos três grupos me entrevistaram para trabalhos escolares.












Mas levei meus próprios fãs, meus pais estiveram comigo na Bienal; além do maridão




















Gostei muito ao perceber que a juventude está tomando gosto pela leitura.















16 de ago de 2010

BIENAL DO LIVRO DE SÃO PAULO - 15/08/2010


Foi a apresentação dos NOVOS TALENTOS DA LITERATURA BRASILEIRA pela Editora Novo Século, foi muito bom e movimentado.

Eu estava feliz da vida, conversei muito com os outros autores e fiquei espantada com o movimento da Bienal.
Não é fácil explicar a emoção de ver um livro com seu nome na prateleira.















O editor e amigo Edson Honorato, uma simpatia, o conheci pessoalmente somente na Bienal, mas ele foi primordial para o livro e soube lidar comigo... afinal não deve ser nada fácil lidar com novos autores repletos de expectativa e medo.


















Os amigos Sérgio e Julieta, fiquei muito feliz com o comparecimento de ambos.














Autografei alguns livros nesse dia, todos para queridos amigos.

















Com Wlademir Moreira Lima, autor de Pulsação














Leandro Schulai, autor de O Vale dos Anjos, uma pessoa incrível que estava curiosa para conhecer pessoalmente.

















Ah... essa é muito especial: minha querida amiga Luciana (Luna Aluada), minha primeira cobaia oficial. Ela leu até o terceiro livro e me incentivou muito... por sinal quando ela começou a ler O Mestre dos Dragões Vermelhos a pequena Mel ainda estava em seu ventre.












A Bienal está sendo incrível e amanhã estarei lá novamente.

















TENHO UM PEDIDO DE DESCULPAS A FAZER: Não tirei nenhuma foto com a madrinha mais importante do livro, minha irmã Joice Jahnel... DESCULPINHA AÍ JU...



15 de ago de 2010

REVISTA FANTÁSTICA

Para quem acha que a Literatura Fantástica está fora do território nacional, existem muitos autores bons que deixam muitos "autores" internacionais no chinelinho.
Leiam os comentários na REVISTA FANTÁSTICA, uma revista digital muito boa, que tem muitas sinopses de livros de autores nacionais que se dedicam à Literatura Fantástica, um parceiro maravilhoso para os novos autores.
ACESSEM: http://www.revistafantastica.com/

21ª BIENAL DO LIVRO DE SÃO PAULO


Tem coisa mais emocionante que ver seu livro em uma prateleira na Bienal???

Ontem fui sentir o clima, visitei a Bienal pela primeira vez, fui direto no espaço da EDITORA NOVO SÉCULO e lá estava meu livro, na prateleira dos NOVOS TALENTOS DA LITERATURA BRASILEIRA... não sei como segurei o choro... é um sonho que se realiza, um dragão nascendo e ganhando os céus...

Muitos dos livros comentados na REVISTA FANTÁSTICA eu vi pela Bienal... a vontade de levar todos era enorme.

Finalmente conheci a amiga Letícia, pessoa que perturbei muito durante o processo criação do livro; acabou sendo meu contato na Editora Novo Século e teve muuiiiitaaaa paciência comigo.



11 de ago de 2010

ONDE ENCONTRAR O LIVRO E COMENTÁRIOS

Fiquei feliz hoje, digitei meu nome no Google e surgiram vários comentários sobre o livro; eis abaixo onde encontrar o livro e comentar:


ONDE ENCONTRAR O LIVRO
LIVRARIA DA TRAVESSA: http://www.travessa.com.br/Busca.aspx?d=1&cta=1&tt=MESTRE%20DOS%20DRAGOES

LIVRARIA CULTURA: http://www.livrariacultura.com.br/scripts/cultura/resenha/resenha.asp?nitem=22168724&sid=18739108312811342599155939&k5=12FCE5CF&uid=

EDITORA NOVO SÉCULO: http://www.novoseculo.com.br/produtos_descricao.asp?new=10&lang=pt_BR&codigo_produto=360&codigo_marca=0

EMAIL: mestredosdragoesvermelhos@gmail.com


CONTATO COM O AUTOR
ORKUT: http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=3318216373734331193
COMUNIDADE: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=105083782
EMAIL:  mestredosdragoesvermelhos@gmail.com




ONDE COMENTAR
SOBRE LIVROS:

http://www.sobrelivros.com.br/o-mestre-dos-dragoes-vermelhos-alexandra-jahnel/#comments

PLUGADAS:
http://plugadas.net/?p=1312



PARTICIPEM, LEIAM E DIVULGUEM

MEUS QUERIDOS DRAGÕES

Eu amo dragões... eles são fortes, sábios e amorosos...

Doida eu??? Não... vamos falar sobre os dragões e como eles podem influenciar na vida de alguém.

A alguns anos aprendi a fazer um tipo de relaxamento, nele eu deveria imaginar estar entrando em uma mata escura e encontrando uma clareira; uma árvore ou um animal apareceria e me diria o que eu precisava ouvir... bem... lá fui eu com minha imaginação primorosa.

Das primeiras vezes não deu certo, eu acabava sozinha no meio de uma clareira estranha... mas uma das vezes eu relaxei demais e acabei dormindo... tinha consciência mas estava sonhando...

Cheguei na clareira, um lugar lindo com muitos arbustos floridos e enormes árvores; as folhas da mata filtravam a luz do sol e criavam desenhos no chão. Uma enorme árvore se destacava, vagarosamente foi se transformando e lá estava eu, perante um dragão branco enorme. Vários animais surgem na clareira, todos filhotes, todos fofos demais. O dragão branco olha para mim e apenas diz: "Dê vida a eles...".

Acordei antes de perguntar a quem deveria dar vida... mas a presença marcante do dragão persistiu por alguns dias.

A algum tempo queria escrever um romance, creio ser a evolução lógica da poesia, ao menos para mim; iniciei o esboço de um livro, mas quase não o peguei mais, não conseguia ver a história, não conseguia ver os personagens.

Em uma noite de insônia, coisa rara de ocorrer, fiz várias pesquisas sobre dragões, mitologia, possibilidade de existência e coisas assim... já conhecia dragões, existe uma vertente no paganismo que trata da Tradição Draconiana; eis que começo a ver uma história, personagens, nomes... foi assim que MESTRE DOS DRAGÕES VERMELHOS nasceu, em uma madrugada.

Isso foi a pouco mais de dois anos, hoje estou escrevendo o oitavo livro da saga; toda vez que digo: "O final da história é esse..." outras idéias surgem, personagens saltam na minha frente e mais segredos são desvendados, pois muitos segredos surgiram e devem ser desvendados e explicados.

Me envolvi tanto com os dragões que, quando quero tranquilidade para escrever, digo a meus filhotes que "os dragões querem falar comigo", eles me inspiram e protegem.

Draconis, Draconis, Draconis...

10 de ago de 2010

OS DRAGÕES MITOLÓGICOS

Existem histórias de dragões em todas as mitologias, sejam orientais ou ocidentais, eles estão presentes.

CHINA
Na China os dragões são considerados divinos; possuem até mesmo uma classificação em nove categorias:
1.     DRAGÃO COM CHIFRES: Lung, com uma formação contendo partes de vários animais, também influenciou a forma de outros dragões orientais; teria sido um dos quatro animais a serem chamados para a criação do mundo.
2.     DRAGÃO CELESTIAL: mantém e protege a Morada dos Deuses
3.     DRAGÃO ESPIRITUAL: gerador de chuva
4.     DRAGÃO DOS TESOUROS ESCONDIDOS: guardião das riquezas
5.     DRAGÃO SERPENTE: habitante das águas
6.     DRAGÃO AMARELO: teria sido responsável pelo início da escrita, quando presenteou o imperador Fu Shi com os elementos desta.
DRAGÕES-REI: seriam os últimos dragões e seriam regentes dos quatro mares e dos quatro pontos cardeais.

ORIENTE MÉDIO

Para os Persas os dragões eram encarnações do mal, aterrorizavam o homem, roubavam-lhe o gado e destruíam florestas inteiras; o mito surgiu muito provavelmente durante a opressão da Babilônia sobre a Pérsia, na antiguidade clássica. Surgiu nessa época também a idéia de que os dragões guardavam tesouros, que poderiam ser conquistados se o dragão fosse derrotado; tema que foi muito utilizado em histórias fantásticas até mesmo hoje.

Na Mesopotâmia também os dragões eram relacionados com o mal, os dragões sumerianos cometiam grandes crimes e eram punidos pelos deuses; uma dessas lendas diz que o Deus-Dragão, Zu, roubou as pedras onde as leis do universo estavam escritas e teria sido morto pelo Deus Sol Ninurta por isso.

Na Babilônia temos a criação do mundo na figura de Tiamat, uma dragão ou Dracena, que era a representação da água salgada e seu consorte, Apsu, representando a água doce. Da união dos dois surgem muitos dos Deuses da Mesopotâmia, mas Apsu não suportava a presença dos filhos e tentou destruí-los, mas foi morto por Ea; Tiamat cria um exército de monstros para se vingar dos deuses, com 11 dragões entre eles; o mais jovem dos deuses, Marduk, que  mais tarde seria o principal Deus do panteão babilônico. Os deuses vencem e matam Tiamat, de seu corpo morto surgem o céu e a terra, do sangue do principal general de Tiamat, Kingu, é criada a humanidade.


DRAGÃO COREANO

Os dragões coreanos são compatíveis com os dragões chineses no que se refere a aparência e significado, mas possuem propriedades culturais específicas.
Os dragões coreanos são, em sua maior parte, criaturas boas e influenciam a água e a agricultura; afinal viveriam nos rios e lagos e influenciariam as chuvas e as nuvens; seriam inteligentes e sensíveis.
Uma lenda sobre o grande Rei Munmu conta que em seu leito de morte esse rei desejou se transformar em dragão do mar para proteger a Coréia. Outra lenda diz que se um Imoogi (criatura parecida com uma grande serpente) quisesse se transformar em dragão, deveria esperar por mil anos uma pérola caída do céu e tentar pegá-la com sua boca, se conseguisse se transformaria em dragão, se falhasse teria de esperar por mais mil anos por outra oportunidade.
Outra figura mitológica da Coréia seria o Cocatrice, cujo significado seria “galinha-dragão”; são vistos como animais levando heróis ou seus pais; conta-se que a princesa do reino de Silla nasceu de um ovo de cocatrice.



O DRAGÃO DE WAWEL

Conta-se que na vila de Krak (origem do nome da cidade de Cracóvia), passaram a ocorrer fatos estranhos, os animais estavam desaparecendo, depois algumas pessoas desapareceram. Um jovem viu ossos perto do riu e em uma colina viu um animal enorme, um dragão. O príncipe ofereceu a mão da princesa para aquele que acabasse com o dragão, mas nenhum foi capaz; ele próprio o enfrentaria, mas um pobre sapateiro veio e solicitou um carneiro bem gordo, o matou e encheu suas entranhas com enxofre e alcatrão; deixando-o próximo à caverna que o dragão se escondia; na manhã seguinte ouviu-se uma enorme explosão e lá se foi mais um dragão.


O DRAGÃO FAFNIR

Na mitologia nórdica, Fafnir era filho do rei anão Hreidmar e irmão de Regin e Ótr; era um anão forte e poderoso, sem medo. Otr é morto por Loki e recebe o Andvarinaut como recompensa, um anel amaldiçoado; Fafnir e Regin matam o pai pelo ouro mas Fafnir se transforma em dragão para tomar posse total do tesouro; Regin manda seu aprendiz contra o dragão, que o mata, banha-se em seu sangue para ganhar ivulnerabilidade, bebe do sangue do dragão e passa a compreender a língua dos pássaro, que o avisam que Regin o trairá;  por fim o jovem acaba matando Regin e consumindo o coração do dragão que esse queria, adquirindo sabedoria.


LÁDON, O DRAGÃO DA MITOLOGIA GREGA
Hera recebeu de presente de sua mãe Gea (ou Gaia), no dia de seu casamento com Zeus, uma macieira que dava frutos de ouro; deixou as Hespérides, ninfas do entardecer, cuidando da árvore; porém quando percebeu que elas estavam usando os frutos em benefício próprio, encarregou o dragão Ládon a guardar sua preciosa árvore. O famoso dragão foi morto por Hércules com uma única flecha, Hera, em homenagem a Lándon, depositou seus restos mortais no céu, dando origem à constelação de Dragão.










O DRAGÃO APACHE


Não existem muitas histórias de dragões nas Américas, mas existem. Conta a lenda que um chefe apache (que por sinal se chamava Apache) enfrentou um dragão; o dragão fez um arco com uma grande árvore e lançou quatro pequenas árvores no guerreiro, ele desviou de todas e matou o dragão com quatro pequenas flechas.






DRAGÕES E CRISTIANISMO


É algo interessante para se analisar: antes do advento do cristianismo não haviam somente dragões ruins, parece que o cristianismo influenciou e modificou algumas das histórias mitológicas.
Para os cristãos os dragões são personificações do mal, mesmo para os menos ortodoxos, os dragões são ruins.

OS DRAGÕES EXISTIRAM

Muito já se discutiu sobre a existência de dragões; alguns consideram que eles são apenas seres mitológicos, outros que poderiam ter existido a milhões de anos atrás.
Segundo o documentário da DISCOVERY CHANNEL, DRAGÕES: UMA FANTASIA QUE SE TORNA REALIDADE, existiram vários tipos de dragões. Os Dragões Pré-históricos seriam os maiores animais voadores que já existiram, descendentes de dragões aquáticos e semi-aquáticos que ocuparam pântanos costeiros a mais de 200 milhões de anos. Muitos questionam que um dragão seria grande demais para que as asas suportassem seu peso, mas existe uma teoria de que os dragões teriam hospedado um tipo de bactéria muito ativa em seus intestinos, bactéria essa que seria capaz de produzir hidrogênio, permitindo-lhe voar apesar de seu tamanho; isso também explicaria como eles conseguiam cuspir fogo. Muito provavelmente consumiam alguns metais inorgânicos, como platina; talvez para afiar os dentes como hoje os pássaros fazem com alguns tipos de pedra e madeira; a platina daria ignição ao hidrogênio.

Vale a pena assistir os especiais sobre dragões da Discovery e tirar suas próprias conclusões.


5 de ago de 2010

O PRIMEIRO LIVRO - O IMPÉRIO


Ah... ele ficou maravilhoso, não vou ser modesta com algo assim; a Editora Novo Século teve um cuidado fora do comum com a capa, adorei tudo e participei de cada etapa.
A história é interessante e envolvente, é um romance épico com muitos guerreiros, batalhas, dragões, elfos e aventura... mas também com muitos assuntos atuais inseridos no contexto, contudo sem quebrar a atmosfera medieval.
Não vou dar pistas sobre o livro, a cada página o leitor terá uma surpresa, pois nem tudo o que parece ser, realmente o é; uma das principais qualidades do livro é exatamente tentar desvendar os segredos. 
Esse é o primeiro livro de uma saga épica que se desenrola em um mundo além dos véus do entre mundos; muitos dos personagens carregam segredos e outros são frutos de segredos; o leitor irá amar e odiar alguns personagens no decorrer da saga, muitos serão considerados vilões e outros heróis, mas tudo muda e muitas surpresas ocorrem.

UM POUCO DA AUTORA


Essa aí sou eu... 
Até que essa fotinho ficou fofa, mas não aprecio nada tirar fotos, o fotógrafo era bom... bem... mas até que a carinha fofa ajudou não é?
Escrevi muita coisa até hoje, algumas foram publicadas, mas somente em concursos literários e em sua maior parte foram poesias e  somente um conto; um romance foi algo que surgiu, era o próximo passo de minha jornada.
Não gosto de falar de mim, por vezes chego a ser muito crítica com a figurinha da foto, mas vou tentar lhes dar uma breve noção sobre essa figurinha.
Nasci em Jundiaí, fui criada em Jundiaí, mudei de Jundiaí, mas o destino me trouxe de volta e hoje estou novamente em Jundiaí... foi pouco? Está bem... conto mais alguma coisinha.
Estarei completando 42 primaveras esse ano, primaveras mesmo, nasci em setembro de 1968... ano difícil não é? 
Encontrei meu grande amor somente aos 30 e continuo compartilhando minha vida com ele; não tivemos filhos então resolvemos adotar... meus dois filhotes chegaram no final do ano passado (2009), em dezembro, mês que também fechei contrato com a Editora Novo Século, tudo na mesma hora, mas isso já é uma constante em minha vida, tudo sempre acontece junto e meus caminhos mudam de direção drasticamente, mas minha jornada nunca termina. 
Meu filhote mais velho tem 15 anos e meu filhote mais novo tem 11, estamos todos felizes e convivendo quase em paz... quem tem filhos sabe, é impossível ser sempre tudo perfeito e maravilhoso, mas são as imperfeições que nos destacam e são os erros que nos fazem fortes. 
Acho que agora está bom não é? Quero deixar uma oportunidade para que me perguntem... um pouco de curiosidade sempre é bom...

UM BREVE RELATO E UM ENORME AGRADECIMENTO

Os dragões falam comigo, eu vejo as cenas, me misturo no enredo... não é coisa de maluco não, acho que todos os escritores se envolvem dessa forma na história que escrevem.
Mestre dos Dragões Vermelhos veio em um momento em que minha vida deu uma volta, adotando dois meninos e lançando um livro... Foi incrível, tudo ocorreu no mesmo momento mágico, a guarda de meus filhotes saiu no mesmo mês em que fechei contrato com a editora, que por sinal é ótima, a Editora Novo Século não me abandonou em nenhum momento, participei de tudo, inclusive da escolha da capa que, diga-se de passagem, ficou maravilhosa.
Minha família tem participado de tudo ativamente, minha irmã Joice financiou boa parte da edição e me deu um dia de princesa, financiou roupas novas para que eu fosse na Bienal do Livro de São Paulo, meus pais participaram de meu dia de princesa, meu pai "Conduziu Miss Alexandra" pelos shoppings da cidade e minha mãe nos acompanhou para dar pitacos, ela dá ótimos pitacos. Meu filhote mais velho, Wellington, fez o blog para mim, ele se empolgou e conseguiu criar algo que me emocionou. Maridão Marcos teve uma paciência enorme durante todo o processo, houveram dias que eu fiquei escrevendo e escrevendo... o apoio dele foi maravilhoso.
Muitas outras pessoas participaram do livro também, uma querida amiga, Luciana, leu meus rascunhos e me incentivou muito; muita gente me incentivou e agora o sonho vira realidade.
Alguém que já foi para o outro lado do véu também teve uma participação enorme nesse livro, uma professora maravilhosa que ainda continua em meu coração: Gema Galasso, minha professora de Língua Portuguesa da 4ª série primária... o incentivo dela me fez escrever poesias e desde aquela época não parei mais; arrisquei um conto em um Concurso Literário e  ele foi publicado, "Saudades de um Gafanhoto", em memória de um amigo maravilhoso do Colégio Agrícola, Rubens o gafanha... ele também já está do outro lado do véu e deixou também saudades.
Lançar um livro está sendo uma aventura, mas devo dizer que jamais conseguiria sozinha, não sem todos que me apoiaram durante o processo e que continuam me apoiando

OBRIGADA A TODOS